Doenças causadas por vírus

Podem atacar tanto o ser humano quanto os animais e as plantas. Quando se instalam no organismo podem até causar a morte.

Doenças causadas por vírus

Existem diversos vírus que podem atacar tanto o ser humano quanto os animais e as plantas. São formados por uma cápsula protéica (capsômero) que é formada por somente um ácido nucléico (DNA ou RNA) ou por lipídios ou glicídios. Por ficarem presos nas células vivas são chamados de “parasitas obrigatórios”.

                       

Quando se instalam no organismo podem até causar a morte. Por isso a medicina tem um papel importante para estudar novos métodos para controlar qualquer epidemia ou curar uma determinada doença. São menos agressivos do que as doenças causadas por bactérias.

Principais doenças causadas por vírus:

– AIDS: transmiti-se pela transfusão de sangue, esperma e secreção vaginal, leite materno e qualquer contato direto com sangue. Para evitar basta usar sempre preservativos no ato sexual (anticoncepcional não evita a Aids).

– Caxumba: o vírus afeta as glândulas parótidas (localização: mandíbula) e pode afetar vários órgãos (exemplos: ovários e testículos). Pode ocasionar esterilidade, inchaço nas orelhas e infecção em tais glândulas. É pego pelo contato direto com o doente ou objetos contaminados e ainda pela saliva. Vacinar a criança desde pequena garante que ela nunca seja infectada.

– Febre amarela: o vírus é transmitido pela picada de qualquer inseto (exemplo: Aedes Aegypti). Febre alta, vômitos, casaco (como acabar), calafrios e pele amarelada podem até matar. Para combater esse vírus deve-se exterminar os transmissores.

Doenças causadas por vírus 1- Gripe: o vírus entra pela boca ou pelo nariz e penetra nas vias respiratórias. Qualquer gotícula de saliva já é suficiente para deixar a pessoa com muita indisposição, dor de cabeça (como aliviar), dor de garanta, dores musculares, febre e obstrução nasal. Pode ser tratada com medicação e evitada com vacina anti-gripe e pelo consumo de frutas que contenham vitamina C (exemplos: laranja, limão e acerola).

– Hepatite: está presente na saliva, na água ou em objetos. O vírus se instala no fígado e por lá se reproduz destruindo todas as células. Para controlar sua ação deve-se injetar no organismo uma substância chamada “gamaglobulina” e investir em saneamento pode ajudar muito. A pessoa infectada fica com muita febre, perde muito peso podendo até ficar anorexa, mal-estar e náuseas são constantes e pode até morrer pela icterícia (coloração amarela e mucosa na pele).

– Hidrofobia ou Raiva: é transmitida ao homem pela mordida de um cão. O ferimento facilita a entrada do vírus no organismo pela saliva do animal. Causa diversos sintomas (febre, mal-estar, delírios, convulsões, paralisia muscular e até a morte). A única forma de acabar com esse vírus é conscientizar as pessoas sobre a importância de vacinar anualmente os animais domésticos.

– Poliomielite: o vírus entra pela boca, se reproduz no intestino e se instala no sistema nervoso. Pode ser transmitido não só por objetos contaminados, mas por alimentos mal lavados. É capaz de paralisar os órgãos e causar muita febre e cansaço. Vacinar-se e fazer uma higienização alimentar são as únicas maneiras de não ser infectado.

– Rubéola: o vírus entra pelas vias respiratórias e se instala na corrente sanguínea (saliva e objetos). Acarreta muita febre e erupções cutâneas. Controla-se pela aplicação de imunoglobulina, pois, senão pode até matar o doente. Além da vacinação deve-se evitar o contato com pessoas infectadas.

– Sarampo: assim como na rubéola o vírus entra pelas vias respiratórias e permanece no sangue (saliva e objetos). Febre alta, tosse e vermelhidão são sintomas que afetam principalmente as crianças. Só pode ser evitada vacinado-as ainda pequenas.

– Varíola: o vírus penetra nas vias respiratórias e na corrente sanguínea (saliva e objetos). Pode provocar febre, erupções cutâneas e cicatrizes na pele. Se não for prevenida com vacina pode levar a morte.

Nenhum voto, seja o primeiro



Fabio
01/12/11



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook