História da saúde pública no Brasil

Conheça um pouco mais sobre a história da saúde publica do Brasil e também como era o tempo antes da chegada dela em nosso país.

A saúde pública do Brasil ainda tem muito a crescer, isso porque a mesma não possui uma data de criação tão antiga, já que o Ministério da Saúde, foi fundado apenas no ano de 1930, por Getulio Vargas.

                       

Embora muitos critiquem a saúde pública brasileira, poucos sabem como era antigamente na era colonial e como as pessoas tinham que se cuidar quando ficavam doentes ou contraiam alguma infecção ou qualquer outra patologia.

Pensando sobre este assunto, colocamos abaixo um pouco de informação para assim você saber um pouco mais sobre a história da saúde publica brasileira e avaliar deste a época de sua “criação” até os tempos de hoje os avanços que a mesma obteve.

Saúde publica no Brasil história
No início do Brasil colonial não existia praticamente nada que fosse considerada uma saúde publica para o povo, já que até o ano de 1789 existiam apenas 4 médicos no Rio de Janeiro, isso mesmo, apenas 4 médicos para a população local. Fora isso, também era costume consultar índios e curandeiros para realizar processos de tratamento de doenças com base em medicina alternativa diretamente de ervas e outro métodos conhecidos pelos mesmos.

Além da pouca quantidade de especialistas em medicina, também podiam se destacar as enfermarias jesuítas e as poucas Santas Casas de Misericórdia.

Apenas no ano de 1808, com a chegada da família real de Portugal foram forçadas as necessidades de criação de escolas de medicina no país, sendo elas: o Colégio Médico-Cirúrgico na cidade de Salvador, Bahia, e a Escola de Cirurgia do Rio de Janeiro, tornando-se as únicas instituições governamentais até a proclamação da república.

Fonte: Wikipédia

Nenhum voto, seja o primeiro

Davi
18/10/11


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook